sábado, 10 de outubro de 2015

Andressa Miranda: Criança sonhadora, adulta realizadora



Andressa Miranda - SONHADORA 
 Quando eu era criança, minha mãe me enchia  de enfeite! Coisa de mãe de menina, no interior, a moda era fazer meia de crochê, enfeitar o cabelo com grandes flores e uma maquiagem de leve, para eventos especiais, tipo este, em que estou de vestido rosa, nossa era minha formatura, já tava ficando mocinha! - Dizia a minha mãe. 
Dia desses li um post, em um grande portal, sobre as coisas que eu acreditava quando era criança, eu resolvi postar algumas que me recordo agora. Infância é um momento mágico, de medos, aspirações, fantasias e mundos fantásticos.  
Toda criança tem a santa capacidade de imaginar coisas fantásticas e facilmente rebatidas  depois. Mas cá pra nós, ôh tempo bom hein? Nada de se preocupar com as contas do fim do mês, aluguel, namorado, trabalho, etc.  Mas é tempo de sonhar, e as vezes os  que a gente anseia tanto, acontece! Isto, porque eu acredito em um Deus que sonda nossos corações. <3 nbsp="" p="">
Eu quando criança, pensava algumas coisas engraçadas, ei algumas que me recordo agora:

01 - Eu acreditava que alguém tinha pintado o céu de azul, e que poderia mudar a qualquer momento
02 - Eu achava que namoro era pegar na mão de alguém do sexo oposto
03 - Eu achava que minhas primas de olhos azuis enxergavam tudo azul
04 - Achava que  a juventude era uma liberdade maravilhosa
05 - O mistério da minha vida era tentar descobrir com o leite de vaca virara leite em pó
06 -  Eu tinha medo de girar o disco da xuxa ao contrário (hahahaha risadas eternas agora)
07 - Morria de medo do Linha direta e achava que dormindo toda coberta não me aconteceria nada
08 - Eu achava meu aniversário o dia mais top do ano e saía dizendo "obrigada" para quem não me disse nada
09-  Eu achava que toda pessoa que aparecia na TV era ao vivo
10 - Eu achava, que um dia apareceria na TV

Sobre o que eu fazia na infância: Apresentava jornal na escola (11 anos), valendo nota! Falava nas rádios da escola, treinava na frente do espelho, criava textos gigantes e dizia que seria repórter.
Vovó vou ser da Tv vovó! (06 anos)  ôh mãe, vou ficar bonita na TV?  (13 anos)
Olhava o cara do jornal passando, ficava acenando e me sentindo super importante por isto.
Dava entrevista, ouvi rádio, ficava olhando as mulheres na TV e imitando em casa. Quando eu era criança,  eu acreditava que um dia seria o que sou hoje. JORNALISTA apaixonada pelo que faz! <3 p="">

Andressa Miranda - JORNALISTA 

2 comentários:

  1. nossa que linda história ...seu fã eterno.

    ResponderExcluir
  2. Essa é Andressa que conheço autêntica hehehe

    ResponderExcluir